Publicado em

Criadora de drone que está em Marte vai fazer drone open source

Maxon está se juntando com empresa para fazer novo drone “terrestre”

NASA trabalhou com algumas empresas no desenvolvimento do drone Ingenuity e o rover Perseverance, que estão atualmente explorando Marte. Uma dessas empresas é a suiça Maxon, que foi responsável pelos sistemas de precisão do Ingenuity e que agora está se juntando à norte-americana Auterion para fazer um drones open source. As empresas estão colaborando para trazer benefícios para clientes de drones corporativos e governamentais, que irão funcionar através do módulo aviônico Skynode, da Auterion, e com os motores BLDC da empresa suiça. Com isso, é de se esperar que as empresas desenvolvam um projeto de drone comercial e industrial com uma eficiência energética, boa segurança e com uma ótima flexibilidade.

Essa colaboração pode ser bastante benéfica para o modo de operação da empresa norte-americana, que acredita que esse trabalho em conjunto vá fortalecer ainda mais a área de drones open source. A Auterion afirma que assim isso poderá oferecer um suporte maior a integração de ecossistemas comerciais, governamentais e sem fins lucrativos.


Créditos: Divulgação Maxon

Ambas as empresas apostam que o know-how delas possa fazer com a operação de frotas de drones se tornem mais fáceis para os clientes, diminuindo os custos que elas teriam durante o desenvolvimento. Além disso, elas estão estudando explorar algumas oportunidades a longo prazo juntas, principalmente na área de sistemas de propulsão, piloto automático e monitoramento em tempo real.

“Com nossos motores no helicóptero Ingenuity da NASA, voamos em Marte. Agora estamos nos concentrando em drones na Terra, que desempenharão um papel importante no futuro automatizado. Estou muito satisfeito por estarmos firmando uma cooperação com a Auterion, compartilhando nosso conhecimento e experiência para que possamos atender melhor os clientes no mercado dinâmico de drones. Sua experiência em software de drones, juntamente com nossos 60 anos de experiência como um especialista global em motores e acionamentos, gerará soluções promissoras para o futuro.” – Afirmou o CEO da Maxon, Eugen Elmiger.arte de software.

Com isso elas trabalharão juntas para suprir melhor as necessidades atuais dos seus clientes, mas também é um passo importante delas para o desenvolvimento de tecnologias autônomas.

Por Willian Vieira

Fonte: Drone DJMaxon

.